Buscar
  • Pedro Henrique Ferreira Lima

Energia Solar Fotovoltaica, significa somente 95% de economia na conta de luz?

Quando se aborda o tema de Energia Solar Fotovoltaica, o primeiro pensamento que se vem à mente é o "tal de 95% de economia na conta de luz". Essa impressão vem principalmente por conta da divulgação que as empresas do ramo divulgam em seus posts, vídeos, sites entre outros. É fato os 95% de economia? Sim, é e isso é muitíssimo importante. Porém é muito mais do que isso. No post de hoje, vamos abordar os 3 principais benefícios considerados por nossa equipe, mas sabendo-se que na verdade as vantagens de se implementar um sistema fotovoltaico, são incontáveis.

Benefício 1: Socioeconômico

O primeiro benefício se trata do socioeconômico, pois um país que investe em fontes de geração de energia elétrica renováveis, cresce economicamente e também socialmente. Hoje em dia no Brasil, a principal fonte de geração elétrica é a hidrelétrica (61%), em segundo a termelétrica (10%), e terceiro a eólica (7%). A solar só aparece em quarto lugar (em torno de 2%), brigando com a nuclear (2%). Visto a vastidão do nosso país, nossa matriz energética ainda depende muito da hidráulica. Como poucos sabem, para construir uma usina hidroelétrica, demanda-se muito investimento financeiro, sem contar os impactos ambientais causados nas redondezas onde a água será barrada, e ainda os povos que vivem naquela região precisam se deslocar para outros lugares. Partindo daí, as usinas ficam localizadas a grandes distâncias dos principais centros de consumo, e para transportar essa energia, demanda-se ainda mais investimentos, e degradação do meio ambiente para construção das torres de transmissão.

Numa situação onde a solar e a eólica, por exemplo, se tornassem as principais fontes, boa parte desse problemas seriam resolvidos, e o dinheiro investido na construção de usinas e transmissão de energia, poderiam ser investidos em escolas, universidades de qualidade, saúde pública e pesquisa e desenvolvimento científico.


Benefício 2: Elétrico e Energético

Quando temos placas solares (e também os inversores, componentes de proteção etc.) em cima de nossas telhas gerando eletricidade, temos uma micro ou pequena usina próximas de nós, e das nossas cargas de consumo elétrico. Ao se ter um sistema do nosso lado, melhora-se (e muito) o nível de tensão elétrica, que nossos equipamentos usam para funcionar. Ou seja, o 127 ou 220V que são os dois níveis mais utilizados em casas, comércios e algumas industrias chegam "redondos" nas tomadas, tornando assim uma tensão muito adequada para que os equipamentos funcionem plenamente sem risco de queima, ou degradação, estendendo a vida útil dos mesmos. O que queima as nossas lâmpadas, TV's, computadores e etc, muitas vezes não é causado somente por raios que caem nas redes elétricas, mas também as oscilações que todos os dias vêm até nossas casas, e aos poucos danificando os componentes eletrônicos, que são sensíveis a essas mudanças de tensão.


Benefício 3: Ambiental e Saúde Pública

O terceiro, e não menos importante benefício, diz respeito ao cuidado com nossa mãe natureza. Ao gerar energia elétrica por painéis solares, (e até mesmo por aquecimento solar, para água de banho) reduzimos muito a emissão de gás carbônico na atmosfera, e trazendo uma melhor qualidade do ar que respiramos no dia-a-dia. Quando se gera eletricidade por termoelétricas por exemplo, emite-se números gigantescos de toneladas de Co2, e o mesmo ocorre com as hidrelétricas. É claro que a usina hidrelétrica é considerada renovável, mas na sua construção e operação emite muita poluição.


Os benefícios não param por aqui, existem ainda muito mais, mas que trataremos de apresentá-los num próximo post aqui em nosso blog.

Obrigado por lerem nossos conteúdos.


Bora pra cima galera!!!

23 visualizações0 comentário